25 de setembro de 2011

Simbolo do Euro

- Respectivo Recibo da série :
- Nota de Crédito emitida pela Máquina devido à ausência de trocos :


  • Série completa de Etiquetas "Simbolo do Euro" , da Máquina Amiel , Taxas Normais + Taxas Correio Azul - Ano 2002 Impressão a Azul/Violeta com o respectivo recibo
- 1º dia de circulação desta emissão : 01 de Março de 2002

- Nesta Máquina ( Amiel nº 00310142 - Estação de Correios de Fátima ) este papel só apareceu em Maio

6 comentários:

Fringosa disse...

Se apareceu em Maio, qual o papel que era usado nos anteriores meses com a moeda euro?

Vítor Vieira disse...

O papel usado era o " Museu das Comunicaçoes " , já desde Janeiro de 2002 em que tirei algumas séries e Etiquetas soltas até Maio.

Esta Máquina Amiel em Fátima era a Máquina que eu mais visitava, Ficava a cerca de 10 km de onde eu vivia.

Fringosa disse...

O mesmo se passou com a SMD da antiga Loja de Filatelia na rua de Ceuta, Porto.
Isto apenas, para lembrar aos duvidosos! Que nem só as EIFA vendidas pela filatelia são as que devem constar de uma colecção, mesmo não especializada. A esses que duvidam uma pergunta - qual o papel que estava nos distribuidores após a introdução do novo "software"? Ou os distribuidores apenas funcionaram com o papel "símbolo do Euro". Pelo exposto, vários papéis estiveram em uso antes dos distribuidores terem recebido o novo papel "símbolo do Euro".
Haja dó dos detractores...

Vítor Vieira disse...

Basta verificar os recibos que mostro no post anterior ,série : Museu das Comunicaçoes - Amiel em Euros.

A numeração dos recibos , a data , o nº de máquina são excelentes provas. Daí os recibos serem muito importantes para comprovar que em Janeiro a Máquina já imprimia em Euros e como a emissão Simbolo do Euro só apareceu em Março , só poderia estar outro papel.

A emissão Dinossaurios também circulou muito durante este periodo de Janeiro a Março , embora eu só tenha encontrado esta emissão numa Máquina Amiel em Lisboa ( Cais Sodré ) e imprimia a Preto. O problema é que muitas Máquinas encontravam-se fora de serviço e muitas das vezes devido aos Toxicodependentes que entupiam as Máquinas , o que nos dificultava e prejudicava.

Pedro Rodrigo disse...

Atenção a esta série, é muito valiosa ver http://www.filatelia.tv/process_html_404.asp?ido=www.filatelia.tv:80/html/product_detail__q1idobj_--_3D4012__--_3D_l_--_3DPT__q20__q30__q41__q5.htm , apesar de estar na maioria das máquinas.

CPS

Vítor Vieira disse...

Esta série está bem cotada também no catálogo Afinsa. Porque é muito procurada pelos colecionadores Alemães , Holanda e Inglaterra. Porque não se apercebaram na altura que havia também Amiel com Vírgula. Só deparam mais tarde que realmente havia Amiel com Ponto ( Filatelia ) e também com Vírgula.Estavam habituados a receber as Etiquetas através da Filatelia, mas esta só mesmo tirando nas Máquinas Amiel pelo País.Também quando a Lindner produziu as Folhas Lindner-T para arquivar as Etiquetas e foi aí que muitos colecionadores deparam que havia Amiel com Vírgula , mas já era tarde pois já se tinha alterado nas Máquinas as Taxas de 2002 para as Taxas de 2003. Daí a série com a taxa de €0,27 ser muito cara.